Dicas para manter o ritmo de treino no inverno



Quando a temperatura começa a baixar, a vontade de ficar sob as cobertas substitui a de sair para praticar exercícios. O problema é que junto com o frio, a comilança fica maior e acaba-se armazenando gordura onde não deveria. Então, que tal usar esta época do ano para conseguir emagrecer? É que no inverno o organismo precisa se adaptar à temperatura baixa, gastando mais energia e deixando o metabolismo acelerado. Além disso, malhar no clima seco da estação ajuda a espantar as doenças típicas da época. “Movimentar o corpo não só melhora a respiração, como também ajuda a evitar a asma e a rinite”, informa o coordenador geral da academia K2, Daniel Gusmão.


Tá quente!

Só que antes de sair correndo para a academia, lembre-se de caprichar no aquecimento para evitar lesões. “A regra é sempre alongar e aquecer o corpo antes, independente do exercício ou da estação”, explica Daniel. Também coloque em prática um plano B. Se você decidiu fazer uma caminhada ao ar livre e viu que o tempo não está muito propício para isso, é melhor fazer algo em casa ou na academia do prédio. A gerente da academia Runner, unidade Higienópolis, Samara Queiroz, dá algumas dicas para aumentar o ânimo e não burlar a atividade no inverno. Você só terá motivos para comemorar!


1. Aumente o som!

A música é um dos maiores aliados na hora de praticar exercícios, pois funciona como um gás para o seu corpo e aumenta ainda mais a disposição. “Seu cérebro fará a associação da música com a ginástica e liberará endorfina, o hormônio do bem-estar”, explica Samara.


2. Bela adormecida

É difícil levantar cedinho e ter vontade de malhar, principalmente quando está muito frio. Por isso, uma boa noite de sono é essencial. Faça da luz a sua aliada e use-a como um despertador natural. “A produção de melatonina, um dos hormônios que regulam o sono, é ativada com a escuridão e interrompida com a luz. Deixe a claridade invadir de leve o ambiente e tire proveito dela como despertador natural”, completa Samara.


3. Da hora!

Se mesmo com uma noite bem-dormida você ainda não consegue ter ânimo para acordar e se exercitar, mude a hora do seu treino. “Você aproveitará melhor as atividades se optar por um período mais quente do dia, que normalmente é a hora do almoço”, informa Samara.


4. Bem programada

Planejar o que vai acontecer no seu dia é superimportante para encaixar algumas horinhas de atividade física. “O ideal é organizar a mochila no dia anterior e estar pronta para os exercícios antes de chegar à academia”, conta Samara. Se você passar em casa depois do escritório, com certeza vai pensar duas vezes para ir malhar. Também não se esqueça de deixar seus deveres no trabalho em dia para não atrapalhar a sua programação.


Fonte: Shape

Jac Bagis

Nenhum comentário:

Postar um comentário